zé aparecido

17/05/2017

17h

"O melhor mineiro do mundo"

O livro “José Aparecido de Oliveira - O Melhor Mineiro do Mundo”, biografia organizada pelo escritor Petrônio Souza Gonçalves, sobre o jornalista mineiro, embaixador e político, foi lançado na  La Fiorentina, em uma noite cheia de gente chic e inteligente.

A biografia autorizada é para marcar os 10 anos do falecimento do biografado. Poucos homens públicos exerceram tanto fascínio por tanto tempo, no meio político, social e cultural do País, com tanta originalidade e personalidade como ele. Por mais de meio século, ele exerceu o poder com influência determinante no Brasil. O livro aborda as muitas facetas de José Aparecido, que foi deputado Federal, cassado pela ditadura militar implantada em 1964, secretário do ex-presidente Jânio Quadros, foi  também o primeiro ministro da Cultura do País, no período da transição democrática, governo do ex-presidente José Sarney, além de governador de Brasília, e um dos fundadores da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa - estruturada quando embaixador do Brasil em Portugal.

Quando governador de Brasília, em 1985, José Aparecido retomou o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, e foi o responsável pelo tombamento da capital federal pela UNESCO, sendo Brasília a primeira cidade criada e tombada no mesmo século em todo o mundo. A biografia também perpassa a infância de Aparecido, em Conceição do Mato Dentro, no interior de Minas Gerais. E traz depoimentos assinados por pessoas ligadas a ele durante toda a vida, dentre eles: o jornalista José Augusto Ribeiro, o arquiteto Oscar Niemeyer e o cartunista  Ziraldo, que também é o autor da charge oficial do biografado. Fotos: Cristina Granato.

Publicidade

"O chic do rio" é uma publicação da Mago Ideias de Comunicação ltda. Veja aqui o expediente.

assine nossa newsletter aqui.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon