Casamento

14/03/2017

21h

Mariana Saldanha e John Abbott brilham na festa mais bonita da década

Fotos: Everton Rosa

Os noivos com o cerimonialista e decorador João Vicente Corrêa

Algumas mesas ficavam sob gazebos vazados cobertos de verde

Os lindos noivos. Detalhe para a tiara da Mariana, by Bibiana Paranhos. Espetacular

Quando os noivos anunciaram a contratação do cerimonialista gaúcho João Vicente Corrêa, já se sabia o espetáculo com o qual brindariam seus convidados que chegariam dos quatro cantos do mundo. E aconteceu o previsto.

Mariana, filha de família tradicional de Gramado, no Sul, e John, bem sucedido empresário americano, radicado em Miami, não pouparam nos detalhes. Ela e João Vicente cuidaram de tudo, com esmero.

A começar pelo cenário, o majestoso Copacabana Palace. E o traje pedido foi o black-tie.

João Vicente, já conhecido dos cariocas, pois no Rio morou durante muito tempo, fazendo amigos na alta sociedade carioca, armou um cenário de sonho, nos três salões frontais, mais a varanda e o Golden Room.

Dos Estados Unidos e Europa vieram 60 amigos e familiares do noivo, todos hospedados no Copa. De Porto Alegre e Gramado, outros tantos, somando mais de trezentos convivas, todos encantados com a festa. 

Bem a gosto da noiva, excêntrica a ponto de escolher um bolo vermelho espetacular, João Vicente optou pelo bordô para marcar os arranjos de flores palacianos. Mesas redondas embaixo de gazebos intercalavam-se pelo salão. Copos altos de cristal vermelho, sousplats e talheres de prata de lei combinavam com o verde das heras e topiarias milimetricamente posicionadas (ou não seria João Vicente, conhecido pelo perfeccionismo).

Cadeiras verdes-musgo e douradas se misturavam às mesas, no salão de jantar. O mobiliário estava sensacional. Palmeiras enormes guardavam as colunas longitudinais próprias do Copa.

João Vicente tem tanta visão de ambiência, que mandou forrar todo o piso do Golden Room com tapete roxo, espalhando ali (o setor da pista de dança, guardado por diversos globos espelhados girando no teto) estofados zebrados salpicados entre outros estampados de onça, além de mesas pretas redondas saarinens.

O DJ, americano, trazido pelo noivo, um capítulo à parte, e uma pena não citar o seu nome aqui, homenageando-o. 

Uma orquestra e cantores líricos entoaram de Bach a Frank Sinatra e Coldplay, na cerimônia religiosa.

O jantar, feito pela equipe do Copa, teve menu variadíssimo orquestrado pela noiva, que cultiva o hobby da gastronomia. Havia presunto cru com figos assados, salada de camarão com funcho e ervas frescas, lagosta ao molho de champanhe, medalhão de mignon ao molho de vinho do Porto e trufas, e mais, e mais.

Vodca Belvedere, tinto Catena Zapata, champanhe Perriet Jouet Brut, entre outros, arrematavam o paladar.

Foi uma festa inesquecível. Os noivos, que vão morar em Miami, partiram de lua-de-mel para a Tailândia.

João Vicente e Mariana

O salão da cerimônia: caminho de topiarias                                                     O bolo, by Regina Rodrigues

A cerimônia religiosa aconteceu no próprio hotel                    O Golden Room: piso forrado de roxo

publicidade

Publicidade

"O chic do rio" é uma publicação da Mago Ideias de Comunicação ltda. Veja aqui o expediente.

assine nossa newsletter aqui.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon